Gente e Negócios, Notícias

Alunos da Uninter são destaque em competição nacional

Maior Centro Universitário do país garante grupo entre os vencedores do desafio Renault Experience 2018; disputa envolveu mais de 300 grupos de instituições de ensino de todo o país

Estimular o empreendedorismo e a inovação entre universitários por meio do modelo de startups: esse é o objetivo do Renault Experience. Neste ano, a edição recebeu 323 inscrições de todo o Brasil. Destes, apenas 3 iniciativas foram selecionadas para a receber mentoria exclusiva e aporte de R$ 30 mil para desenvolver uma ideia inovadora que ajude a melhorar as condições de segurança no trânsito brasileiro. E a Uninter está dentro: o grupo SENSCAR, formado por estudantes do curso de Relações Internacionais, divide o pódio com grupo da USP e a Federal do Espírito Santo.

De acordo com a  Diretora da Escola Superior de Gestão Pública, Política, Jurídica e Segurança da Uninter, prof.ª Drª Débora Veneral, a vitória dos estudantes comprova mais uma vez o empenho da instituição em promover a interdisciplinaridade e apoio ao potencial criativo de seus alunos. “São alunos que contrariam a expectativa: não são da área de Engenharia e mesmo assim conseguiram desenvolver um produto de alto impacto, e isso é empreender”, explica. Para conseguir realiza-lo, o grupo contou com o suporte de mentores da Uninter de todas as áreas do conhecimento. “A Uninter disponibilizou um grande time de professores, cada um com sua especialidade, para orientá-los na construção do produto e criação do modelo de negócio”, completa Débora.

Agora, com o desenvolvimento do projeto SENSCAR oferecido pelos estudantes da Uninter, motoristas alcoolizados não conseguirão mais dar a partida no motor do carro. Por meio de aparelho de alta sensibilidade para detecção de álcool, o sensor criado capta se houve ingestão de bebida alcoólica pela respiração do motorista. Caso o sensor reaja positivamente, o carro trava e fica impedido de se movimentar. “Impedimos que o condutor coloque sua vida e de outras pessoas em perigo”, explica Jean Pierre.

Empreendedorismo universitário

A principal dificuldade do grupo durante a criação do protótipo foi conseguir diminuir o custo de produção do sensor. “No começo, avaliamos em R$ 500/unidade, considerando lucro próximo a zero para nós, o que tornava inviável”, relembra Carlos Cunha. Com ajuda dos professores da Uninter, foi possível repensar o plano de negócio. “Eles precisaram se adaptar aos novos modelos de negócio: criamos uma forma de venda em comodato; após dois anos o sensor se torna propriedade do cliente”, explica Daniel Cavagnari, coordenador do curso de Gestão Financeira.

Assim, quando prontos, os clientes poderão comprar o produto e pagar em forma de mensalidade, com baixo valor de mercado. “Ficará em torno de 59 reais por mês; um valor que viabiliza o projeto e paga pela prestação de serviço e monitoramento do condutor”, completa Cavagnari. De acordo com Jean Pierre, integrante do SENSCAR, o primeiro investimento com o aporte recebido será a compra da patente do produto. Vamos estudar mercados no Brasil e exterior para iniciar nossa produção”, explica Jean Pierre.

Sobre o Grupo Uninter

O Grupo UNINTER é o maior centro universitário do país, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).  Sediado em Curitiba – PR, já formou mais de 500 mil alunos e, hoje, tem mais de 200 mil alunos ativos nos mais de 200 cursos ofertados entre graduação, pós-graduação, mestrado e extensão, nas modalidades presencial, semipresencial e a distância. Com 600 polos de apoio presencial, estrategicamente localizados em todo o território brasileiro, mantém quatro campi no coração de Curitiba. São 2 mil funcionários trabalhando todos os dias para transformar a educação brasileira em realidade. Para saber mais acesse uninter.com.

Anúncios
Funny - Divirta-se, Gastronomia, Notícias

Mercado Buenos Artes celebra edição especial de Festa Junina na Praça Dom José Gaspar, em São Paulo

40ª edição será a primeira do MBA que passa a ser organizada pelo Instituto Design Público (IDP) para incentivar o direito à cidade e a economia criativa para a ressignificação dos espaços públicos

São Paulo, junho de 2018 – Em clima de São João, o Mercado Buenos Artes retorna à Praça Dom José Gaspar, em São Paulo, no dia 23 de junho, com cerca de 50 expositores alinhados ao consumo consciente e integrantes de um evento que prima pela valorização dos espaços públicos e, sobretudo, o convívio entre os moradores locais.

Para essa edição, a idealizadora do evento, Mari Pini, integra o MBA na proposta da organização social Instituto Design Público (IDP) para reforçar seu comprometimento para com a integração da paisagem cultural em relação aos seus usuários, à cidade. A partir de uma rica programação artística, entre pocket shows e oficinas, além da promoção do consumo consciente presente nas criações dos expositores, o MBA se firma no cenário cultural da cidade como um mercado itinerante que percorre espaços públicos a fim de ocupá-los com o melhor do artesanato contemporâneo.

A consolidação do MBA nesse espaço deve-se, sobretudo, pelo diferencial em trazer por meio do evento a questão ligada à valorização dos espaços públicos, utilizando um modelo de responsabilidade territorial que conta com a participação dos atores locais, como instituições culturais, comércio, moradores e usuários, com fins de gerar melhorias no patrimônio público e aproximar a população de algo que lhe pertence.

Dentre os expositores, moda, arte, beleza e bem estar, papelaria e decoração ganham espaço em conjunto com o melhor da gastronomia. Permeados pelo incentivo ao design nacional e a cultura do feito à mão, o MBA tem como um de seus pilares o incentivo ao consumo responsável por meio da compra de pequenos produtores – premissas originais da fundação do Mercado Buenos Artes.

O evento, que conhecido por transitar entre praças e parques da capital paulistana, já tomou conta de espaços como o Parque Buenos Aires, onde criou um cotidiano cultual aos domingos em Higienópolis. Dessa vez, se propõe a constituir uma ação social com o apoio da Biblioteca Mário de Andrade, Paribar, Maringá Turismo, Hey Sampa e Cachaçaria do Rancho para tornar a 40ª edição ainda mais especial e com propósito de integração social.

Samba, jazz, forró e pop rock prometem dominar o som durante toda a tarde, com os artistas Paula Souto e Guilherme Multisambofônico, e desejos poderão ser escritos na Árvore dos Desejos – como na instalação de Yoko Ono. Ainda como novidade, o público poderá se inscrever para um passeio pelo acervo circulante da Biblioteca, além da parceria com o coletivo Hey Sampa, responsável pelo giro em torno da Praça Dom José Gaspar, repleta de história, memória e valores culturais.

SOBRE O MBA

MBA (Mercado Buenos Artes) é um evento itinerante com o propósito de valorizar os espaços livres públicos, incentivando a economia criativa, promovendo pequenos produtores e o mercado justo de design, produtos sustentáveis, moda, gastronomia e música, para o convívio dos usuários locais, moradores, cidadãos, turistas e o público em geral, gerando trocas e experiências.

O MBA, organizado por Mari Pini, nasceu no Parque Buenos Aires, em junho de 2016, período em que a realizadora cultural integrava o Conselho Gestor, com o intuito de gerar benefícios ao Parque e oferecer contrapartidas, ser agente e doador. Em um ano, foram produzidas 30 edições, representando uma média de dois eventos por mês.

SERVIÇO

Mercado Buenos Artes – Festa Junina da Praça Dom José Gaspar

23 de junho, das 11h às 19 horas

Praça Dom José Gaspar, República

http://www.facebook.com/mercadobuenosartes/

@mercadobuenosartes

Gente e Negócios, Notícias

Especialistas da Uninter lançam livro sobre Certificação e Acreditação Ambiental

Rodrigo Berté e Augusto Lima da Silveira orientam empresas e indústrias sobre a importância de produtos e processos certificados

Capa Livro Augusto e Berté.png

Com o objetivo de orientar as indústrias sobre a importância de ter um material e um processo certificado nos aspectos sociais, ambientais e de qualidade, os professores e especialistas do Centro Universitário Internacional Uninter, Rodrigo Berté e Augusto Lima da Silveira, lançam a obra “Meio Ambiente: Certificação e Acreditação Ambiental”.

 “Quando uma indústria pensa na concepção de um produto novo para o mercado, ela tem que pensar nas exigências sociais, ambientais e de qualidade. No caso de um alimento, por exemplo, não adianta se preocupar somente com o sabor que ele terá. Hoje em dia, é imprescindível que ele também apresente uma embalagem com Eco Design e que seja de fácil descarte”, explica Berté diretor da Escola Superior de Saúde, Biociências, Meio Ambiente e Humanidades da Uninter.

No Brasil o tema é recente, mas a atenção do consumidor se volta cada vez mais para esses detalhes que valorizam e respeitam a natureza. “Esta obra discute os aspectos mais importantes relacionados à gestão ambiental e à adequação aos processos produtivos no contexto do desenvolvimento sustentável. Apresentamos as principais normas que devem ser seguidas para a obtenção da certificação ambiental por meio de uma instituição acreditada”, explica Silveira.

 Os autores fizeram diversas visitas técnicas a indústrias brasileiras e europeias, e no livro, mostram os desafios, dificuldades e oportunidades de negócio que ocorrem quando se promove uma “revolução verde” dentro das empresas. A certificação passa a ser um grande diferencial competitivo.

  A obra é publicada pela Editora Intersaberes e em breve estará nas principais livrarias do país.

Gente e Negócios, Notícias, Tecnologia e mídia

Encontro de Iniciação Científica reunirá pesquisadores de todo o Brasil

Enfoc

 As inscrições dos trabalhos estão abertas e podem ser feitas até 31 de outubro. O ENFOC acontece nos dias 17 e 18 de novembro, na Uninter, em Curitiba

Um momento para incentivar a formação de novos pesquisadores, expor ideias e aperfeiçoar os estudos. Com esse propósito, o Centro Universitário Internacional Uninter realiza o ENFOC – XIII Encontro de Iniciação Científica, que reunirá professores e alunos em apresentações, debates e mesas-redondas sobre a importância da pesquisa para a excelência acadêmica.

O evento está marcado para os dias 17 e 18 de novembro, no auditório do campus Garcez, em Curitiba. As inscrições são abertas ao público geral, tanto para professores quanto para estudantes de qualquer instituição de ensino, e vão até o dia 31 de outubro. Quem estiver fora da capital paranaense poderá participar e acompanhar as transmissões de abertura e encerramento, que serão feitas à distância, via Youtube. “Com essa opção EAD, interessados no tema, de todo o Brasil, também poderão compartilhar as suas experiências e apresentar trabalhos de qualquer lugar do país”, explica a coordenadora do evento e da área de Pesquisa e Publicações Acadêmicas da Uninter, Desiré Luciane Dominschek.

Durante a programação do ENFOC também acontece o XII Fórum Científico, onde os participantes farão a apresentação dos seus trabalhos, e o IV Seminário do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), oportunidade para os acadêmicos do curso de Pedagogia da Uninter mostrarem os resultados das pesquisas desenvolvidas pelo grupo.

Entre as principais palestras confirmadas para o ENFOC, estão “Os Desafios da Pesquisa no Brasil”, com a professora da UFPR, Ana Sofia Oliveira, no dia 17, às 19h; e “A Pesquisa como Espaço de Formação – O PIBID e Iniciação Científica”, ministrada pela docente da Unespar, Márcia Marlene Stentzler, no dia 18, às 16h.

Segundo Desiré, a pesquisa é importante para o desenvolvimento de qualquer curso de graduação e os universitários vêm mostrando, a cada ano, mais interesse no assunto. “Percebemos isso pelo aumento nas inscrições de projetos, evidenciando que eles estão notando a importância da ciência na vida acadêmica e como isso pode ser fundamental para o futuro, seja no mercado de trabalho, Mestrado ou Doutorado”, exemplifica.

Mais informações e inscrições disponíveis em https://www.uninter.com/extensao/eventos/enfoc-2017/ . O valor da inscrição é R$ 30, 00 o que dá direito para participação em todas as atividades do ENFOC.

Serviço

ENFOC – XIII Encontro de Iniciação Científica, XII Fórum Científico e IV Seminário PIBID

Data: 17 e 18 de novembro.

Local: Auditório do Centro Universitário Internacional Uninter, Campus Garcez. Endereço: Rua Luiz Xavier, 103, Centro, Curitiba.

Transmissão:  pelo canal do Grupo Uninter no Youtube
Inscrições e informações pelo site  https://www.uninter.com/extensao/eventos/enfoc-2017/

Curso e concursos, Funny - Divirta-se, Notícias, Outros

Shopping promove Halloween Pet e concurso para escolher a melhor fantasia

Evento beneficente e gratuito vai arrecadar ração para as ONGs Ajude Focinhos e Salva Bicho. A festa aberta ao público acontece no dia 28 de outubro, a partir das 15h

halloween pet

Enquanto os humanos se fantasiam para assustar, os animais são fantasiados para apaixonar! Não há coração que resista ao ver esses seres vestidos de bruxinhos, abóboras, diabinhos ou dinossaurinhos. Por isso, o Shopping Curitiba, primeiro a se tornar petfriendly na cidade, promove no sábado, dia 28 de outubro, a partir das 15h, o Halloween Pet com concurso de fantasias. O evento é beneficente, a entrada é gratuita e aberta ao público. 
Serão premiados os primeiros colocados nas categorias Fantasia, Originalidade e Simpatia. Três jurados vão dar notas de 0 a 10 para cada participante do desfile, em cada quesito.
As inscrições são limitadas para até 30 cães e podem ser feitas no dia do evento, a partir das 15h, mediante a doação de um quilo de ração, de qualquer tipo. A dica da organização do evento é chegar com antecedência para fazer a doação, preencher a ficha de inscrição e começar a diversão. Assim que completado o número de 30 cachorros, as inscrições se encerram automaticamente, e apenas os inscritos participarão do desfile. Mas todos são bem-vindos e convidados a assistirem o concurso e a participar da festa.
HalloweenPet_Shopping Curitiba
As doações vão para as ONGs Ajude Focinhos e Salva Bicho, que protegem e defendem animais carentes e maltratados.
Os apoiadores HiperZoo, DocG, Cãolinarista, Jingles, Los Cachorreros e Mooshe Pet Grife vão premiar os ganhadores com brinquedos, roupas, acessórios e petiscos.
Algumas regras e informações são importantes: a participação é aberta a todos os cães de pequeno, médio e grande porte desde que não estejam classificados como Cães de Guarda: Pitbull, Pastor Alemão, American Stafforshire Terrier, Dobermann, Rottweiller, Bull Terrier e raças mestiças ou variações destas raças; será obrigatório o uso de fantasias, de coleiras e guias no dia do desfile.
O evento acontece no Piso L2, no vão central do Shopping Curitiba. O regulamento completo está disponível no www.shoppingcuritiba.com.br.
Jurados
Paula Gambetta – Micro empreendedora do segmento de hospedagem de cães, proprietária da Coralina Mundo Pet, colaboradora da página Petfriendly Curitiba. Atuante na causa animal desde 2012, organiza feiras de adoção e já encaminhou mais de 100 cães para novos lares. Tutora do Jack, Coralina e Tequila.
Dra. Elisabeth Stapenhorst – Médica veterinária formada pela UFRGS, especializada em Clínica Médica de Pequenos Animais e proprietária da Cozinha Vet. Trabalha com atendimento clínico nutricional para cães. Tutora da Belle.
Napoleon Toddy e sua tutora Jessyyca Mahylla – o bulldog francês Napoleon faz o maior sucesso nas redes sociais, e é considerado um pet influencer. Com um ano e sete meses, ele é pura simpatia e conquista os petlovers por onde passa.
Serviço:
Halloween Pet e concurso de fantasias.
Quando: dia 28 de outubro, inscrições a partir das 15h.
Inscrições: doação de 1 kg de ração de qualquer tipo. A partir das 14h do dia 28 de outubro (sábado).
Quanto: gratuito e aberto ao público. 
Local: Vão central do Shopping Curitiba (piso L2);
ONGs beneficiadas: Ajude Focinhos e Salva Bicho.
Apoio/parceiro: HiperZoo, DocG, Cãolinarista, Jingles, Los Cachorreros e Mooshe Pet Grife.
Shopping Curitiba
Rua Brigadeiro Franco, 2.300.
Curitiba (PR)
(41) 3026-1000 | www.shoppingcuritiba.com.br
Drinks, Gastronomia, Gente e Negócios, Notícias

Ciclo de degustação de Chandon na Aliança Francesa

champagner-1071356_1920

Para entender sobre vinhos espumantes não adianta apenas ler ou ouvir, é preciso experimentar e saber harmonizar com a gastronomia. A Chandon e a Aliança Francesa promovem um ciclo de Degustação para os amantes da bebida. “Já realizamos um evento em setembro e o público aprovou, ainda mais por estarmos tão perto das festas de final de ano, quando os espumantes são as estrelas dos brindes no Natal e Ano Novo”, explica Dayana Belmont, gerente de marketing da Aliança.

As inscrições estão abertas para os encontros dos dias 27 de outubro e 24 de novembro. Jonas Martins, sommelier da Chandon, vai ministrar o workshop da bebida borbulhante que pode ser servida como aperitivo ou sobremesa, e que também harmoniza bem com coquetéis e pratos principais. Além disso, o especialista vai falar sobre o processo de fabricação da marca.

O evento acontece das 19h às 21h, no espaço gourmet La Cuisine, que fica na sede da Aliança Francesa, na Alameda Prudente de Moraes, 1101. A entrada custa R$60 por pessoa, e as inscrições podem ser feitas no link a seguir: http://www.afcuritiba.com.br/af/evento/ciclo-chandon-2/

Serviço

Ciclo de degustação de espumantes Chandon;

Quando: dias 27 de outubro e 24 de novembro;

Quanto: R$60 por pessoa;

Onde: Aliança Francesa – Alameda Prudente de Moraes, 1101;

Mais informações 41 32234457.

http://www.afcuritiba.com.br

Gente e Negócios, Notícias

Mentor do Vale do Silício fala sobre desafios das startups em Curitiba

Adeo Ressi, fundador e CEO do Founder Institute, fará palestra para empreendedores na cidade

Adeo_Ressi_2008

O ambiente do empreendedorismo tem crescido exponencialmente em Curitiba, com iniciativas como o Vale do Pinhão, que busca replicar na cidade o berço mundial da inovação, o Vale do Silício, na Califórnia. E é de lá que vem Adeo Ressi, fundador e CEO do Founder Institute  – programa de desenvolvimento de startups que atua desde 2009 e está presente em 60 países – para palestra com empreendedores no próximo sábado (28/10), em Curitiba.

Por se tratar de um ambiente de extrema concorrência e riscos, estima-se que entre 80 a 90% das empresas inovadoras não sobrevivam até o segundo ano de vida. Assim, é importante que os empreendedores estejam preparados para trabalhar duro e com criatividade. Por isso, Ressi reúne, com o instituto, uma equipe de mentores especializados que ajudam os “novatos” na caminhada para a construção de um negócio duradouro.

Os mentores não são apenas concentrados em tecnologia. Em Curitiba, por exemplo, onde já foram realizadas três edições do programa de formação do Founder, há a participação de advogados, empresários e especialistas em TI. Emerson Albino, advogado do Marins Bertoldi Advogados, atua como mentor. “Empreender num país como o Brasil, de legislação instável e complexa, é uma tarefa desafiadora que requer muitos cuidados. Buscamos auxiliar os “startapeiros” nessa jornada”, comenta.

Além da formação, que dura 14 semanas, o programa favorece a criação de uma rede de networking global, propiciando um início favorável para os empreendimentos. A iniciativa começou em 2009 e desde então promoveu capacitações em 110 cidades de 60 países. Desde o ano passado, três capitais brasileiras estão entre elas: Curitiba, Belo Horizonte e São Paulo.

No método de seleção e treinamento criado pelo americano Adeo Ressi por meio do Founder Institute, 87,5% dos negócios que passaram por gestação no programa atingem prosperidade já na fase inicial dos negócios. Um dos casos de sucesso que passaram pelo programa é a Udemy, plataforma de e-learning que oferece cursos de diferentes áreasonline e de forma gratuita.

A formação costuma durar 14 semanas e o programa favorece a criação de uma rede de networking global, propiciando um início favorável para os empreendimentos.